---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Diabete Mellitus é tema de palestra em Ipira

Publicado em 20/08/2018 às 15:36 - Atualizado em 20/08/2018 às 15:36

             Saúde trabalha constantemente para oferecer melhor qualidade de vida aos portadores dessa doença no Município

 

O diabetes mellitus é um distúrbio no qual os níveis de açúcar no sangue (glicose) são anormalmente elevados, porque o corpo não produz insulina suficiente para atender às suas necessidades. A micção e a sede aumentam e as pessoas perdem peso quando não se esforçam para isto. O diabetes danifica os nervos e causa problemas com as sensações, além de danificar os vasos sanguíneos e aumentar o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, insuficiência renal e perda de visão.

Sabendo que hoje, no Município de Ipira, 100 pessoas são portadoras dessa doença crônica que infelizmente não tem cura, mas que com estilos saudáveis podem levar uma vida tranquila e procurando melhorar o dia a dia desses pacientes, a Secretaria de Saúde e Assistência Social, realizou na última sexta-feira (17), uma tarde direcionada especialmente aos diabéticos.

Inicialmente o Dr. Vanderlei Menegatti abordou vastamente em sua palestra sobre quais as causas, consequências e diversos métodos de extrema importância que as pessoas precisam aderir principalmente para quem, infelizmente já é portador do diabetes, poder levar um estilo de vida mais saudável. Mudanças de hábitos alimentares, fazendo a troca de alguns alimentos por outros, ingestão de pelo menos dois litros de água, caminhada por pelo menos 30 minutos ao dia e não abusar do consumo de bebidas alcoólicas.

As Enfermeiras do ESF, Diana e Rosane deram continuidade a tarde de trabalhos tratando de um tema de grande relevância, os cuidados que os diabéticos precisam ter principalmente com os pés. Se não for tratado, o pé diabético pode levar à amputação. Segundo o Ministério da Saúde, 70% das cirurgias para retirada de membros no Brasil têm como causa o diabetes mal controlado: são 55 mil amputações anuais. Por isso a importância das consultas de enfermagem com os diabéticos, pois é através dessa avaliação que é possível prevenir o pé diabético tanto à parte de sensibilidade, edema na planta dos pés e lesões em MMII. A prevenção é a melhor maneira de evitar complicações, como a evolução do diabetes é em longo prazo, vai lesando devagarinho os órgão alvo; coração, rins, olhos, vasos sanguíneos e arteriais.      Para finalizar o momento, a Nutricionista Rosana falou dos mais diversos alimentos que podem e os que não devem, em hipótese alguma, serem consumidos, a exemplo de açucares, gorduras, embutidos, farinhas e bebidas. Os participantes foram agraciados com um lanche preparado especialmente para eles, bolo de aveia sem açúcar, um delicioso chá de maçã com salada de frutas, além de cada um recebeu uma apostila com diversas receitas saudáveis para serem preparadas em casa, comprovando que é possível levar uma vida normal, apenas é preciso mudar alguns hábitos, fazendo a troca de alguns alimentos por outros mais saudáveis apropriados aos diabéticos.